Às ruas?

Em festa no Supremo Tribunal Federal, a revista Consultor Jurídico e seu editor (proprietário) Maurício Chaer, com anuência do presidente Gilmar Mendes, promoveram um festivo encontro “jurídico”. Tal ajuntamento tinha como propósito, a divulgação de um Anuário da Justiça. O que é isto? Uma espécie de compêndio, de importantes decisões tomadas na esfera judicial brasileira (decisões que para serem publicadas, terão que serem avaliadas pelo o seu proprietário, daí a irrelevância. Certamente só publicará o que lhe interessar.), além de solidarizar-se biograficamente, com rábulas da atual fase jurídica Nacional os identificando como verdadeiros cientistas.  

Fora das salas palacianas, ecos bradavam um: “fora Gilmar!”; no largo da praça dos três poderes, manifestantes propiciavam a maior resistência diante de um ministro do STF. Depois da calorosa discussão com o também ministro do mesmo tribunal Joaquim Barbosa, sendo esta o ápice de uma intolerável paciência, um clamor nacional se avoluma diariamente em virtude do equivocado enveredamento do pretório excelso. Juristas com ilibado respeito, se pronunciam, rechaçando a maneira como está sendo conduzida a Suprema Corte. O caráter senhorial imposto pelo o atual presidente fere disposições qualificadoras da democracia, que mesmo assim, ainda respira os ares de uma almejada liberdade, fraternidade e igualdade entre os desiguais, desvalidos e despossuídos. A voz uníssona, alerta aos desavisados, que seus atos serão vigiados em qualquer um dos poderes representados por eles, mas que constitucionalmente emanam do POVO.

À hora é esta, sair às ruas é questão de honra aos homens da Justiça, do contrário todos herdarão o espólio que os caracterizará de indignos de suas funções. Para o povo, o distanciamento se tornará o indelével selo da categoria que já se encontra desacreditada. A pecha de “a justiça só funciona para os ricos” assumirá veracidade e os tempos advindos indicará o processo kafkiano em que nos meteram.

Assistam ao vídeo e veja o que não foi mostrado. Divirtam-se!

Anúncios
Explore posts in the same categories: Direito, Jornalismo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: