Archive for the ‘Jornalismo’ category

Epístolas Sinantrópicas

28 de agosto de 2014

Epístola

EPÍSTOLAS SINANTRÓPICAS n. III

 

Ítalo de Melo Ramalho, 28.iii.2014.

 

“Resplandecente é a Sabedoria, e sua beleza é inalterável: os que a amam descobrem-na facilmente, os que a procuram encontram-na.” (Bíblia Sagrada – Livro da Sabedoria, capítulo 6, versículo 12)

 

Aqui, da minha alcova, do meu cubículo, (re)vejo e acompanho, atentamente, o giradouro do mundo. E por onde – indago aos meus mais fiéis leitores – essa roda, essas rodas, esse mundo, esses mundos vaga(m) solto(s) nessa multicolorida imensidão? Não é fácil e tampouco encerra-se em si ou em sim qualquer resposta sensata e plausível. Quando entendermos, que o raio circunreferencial absorve com taciturnos cantos e encantos, e que em sua gênese preludial foge e escapole dos nossos mais frágeis alter sentimentos, aportaremos, em definitivo, nos hemisférios da transmutação. No qual migraremos em espaçosas vias sob a égide do altruísmo ou do egoísmo. Dependendo da nossa inclinação moral e ética.

 

Lendo essa breve introdução para uma comovida interlocutora, e a dita cuja, a sinhazinha, após auscultar  atentamente e abrir um sorriso enigmático e brevemente esperançoso, confesso ter pensado no êxito do meu propósito. Não custou tempo e a risonha Dama emergiu desse inconcluso sonho, deferindo esta máxima axiológica: – VOLTE À REALIDADE! A lacônica e doce leonina, rugiu em um sonoro e ensurdecedor bramido. O silente açoite amordaçou a minha prolixa e intempestiva áurea criativa, imagética. Danou-se! Nunca! Jamais a tinha presenciado com desmedido asco às minhas confusões pseudo-intelectuais. O meu esboço de tratadista das ciências obscuras e ocultas às linces do quotidiano, não lavou, nem lavava e muito menos lavará a calha, residência solar e lunar dos felinos. Lugar a onde depositam o restinho de ontem. Apenas juntara-se às mesma, rivalizando com os pichanos o espaço.

 

Portanto, (in)escrupulosos e gentios Cavaleiros, somados às gentis-damas de rígidos, empinados e suculentos peitos, o paralelo a ser traçado é localizado entre o real e a realidade. Basta saber que a linha, o eixo do real é o dado. E pugnar pelo construído de maneira democrática, lúcida e com honestidade intelectual. É mister a nós, zeladores uns dos outros como deve ser e como seria essencial que fossemos. É mais que conveniente burilar o material, a alma sem oscilações, sem tergiversar. Porém, se estes desenganos macularem os nossos vieses inóspitos, quebrando o cristal dos sonhos, recolham o que sejam, os cacos, a menor partícula e regue-a. Quando perceberes, estás a dançar com o Mestre Francisco, o de Assis, sem esquecer o Contra-Mestre Zaratrusta, o germânico. As idiossincrasias adormecerão e a plenitude do real se forjará a realidade fazendo-se um todo necessário.

 

*Agradeço ao mote sugerido por Taurus Caprus Catingueira.

 

NOTAS:

Honestamente, que debate fraco foi esse da TV União/Natal datado de 25.viii.2014 para o executivo estadual do RN. A única exceção com desenvoltura e propostas foi, sem dúvida  alguma, o Professor Robério Paulino . As candidaturas governistas, Henrique Alves e Robinson Faria, são extremamente fracas política e intelectualmente, porém, são fortíssimas quanto ao capital financeiro. MAIS DO MESMO! O candidato Araken Farias, que também podemos considerá-lo governista, não empolga de forma alguma. Simone Dutra e o seu PSTU, mostra uma força advinda dos votos angariados pela excelente parlamentar municipal Amanda Gurgel. Além da própria candidata ao governo que é bem preparada, apesar da falta de intimidade com às câmeras.

ADÁGIO:

“Depois que a onça ta morta, é muito fácil enfiar o dedo no cú dela.”

DICAS:

  1. Música: Confraria das Sedutoras – 3 na Massa.
  2. Filme: Dogville, direção de Lars von Trier .
  3. Livro: Sociedade do Espetáculo, de Guy Debord.
Anúncios

Ego

30 de dezembro de 2010

Um excelente artigo, Talvez esclareça as cabeças mais apaixonadas pelo “O Príncipe”.

http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI4865593-EI8425,00-Pequeno+balanco.html

Miguel Nicolelis – EXCELENTE!!!

28 de outubro de 2010

Sem comentários. Esclarecedor.

http://www.viomundo.com.br/voce-escreve/miguel-nicolelis-uma-coisa-estranha-aconteceu-em-natal.html

O Riso

15 de outubro de 2010

Mais uma vez o Profº Muniz Sodré nos premia com um belíssimo e questionador artigo. Sua análise é fruto de um brasileiro descontente com os subterrâneos que insistem em vigora na Terra Brasilis. Leiam:

http://www.observatoriodaimprensa.com.br/artigos/jd101020011.htm

Haiti

21 de janeiro de 2010

O escritor uruguaio, Eduardo Galeano, reproduz lucidamente as mazelas que acompanham o Haiti desde a sua ocupação por forças imperiais. E neste mesmo artigo exalta a sua capacidade de soerguer-se pela a luta e pela dignidade. Leiam:

http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=16342

Contra-revolução Jurídica

7 de janeiro de 2010

Em texto publicado no excelente sítio da agência de notícias Carta Maior, o sociólogo protuguês Boaventura de Sousa Santos analisa sucintamente o surgimento de um modelo de ativismo jurídico empenhado pelo conservadorismo forense. Leiam:

http://www.cartamaior.com.br/templates/colunaMostrar.cfm?coluna_id=4493

O que falar?

9 de dezembro de 2009